segunda-feira, agosto 30, 2010

Obadias (1 Reis 18.1-16)

Este é um Obadias de I Reis. 
Um Obadias a quem a narrativa bíblica dedica alguns versículos.
Dois versos lindos (v. 3 e 4), dão um breve histórico do que foi e do que fez Obadias.

1º - o cara era mordomo e temia muito ao Senhor.
2º - ele escondeu 100 profetas do Senhor numa cova, deu pão e água, antes que Jezabel os matasse. 
os versículos seguintes mostram como Obadias se encontrou com Elias e, de certa forma,
temeu anunciar a presença de Elias ao rei Acabe. 

Seria ingênuo julgá-lo por essa atitude, já que ele não temeu esconder 100 homens que estavam sendo perseguidos.

De qualquer forma, é interessante ver como somos variáveis e mutáveis todo o tempo. Podemos ser corajosos, lutadores por um momento e nos acorvardar diante em ocasiões não muito dferentes.

O fato é que Obadias não cedeu ao medo, provavelmente por causa da palavra firme de Elias, e foi e anunciou-o ao rei, com quem Elias se encontrou.

Este Obadias amou a causa do Senhor, porque muitíssimo O temia.
Acho que em muitos falta (inclusive a mim) esse temor vibrante em tempos que ser crente significa estar numa aglomeração com uma faixinha brilhosa com o nome de Jesus cheio de purpurina. Que exército é esse cujo único versículo que sabe de cor é o Sl 23.1? Acho que em tempos como o nosso, temos falta de Obadias. De pessoas humanas, corajosas e medrosas, porque não? Mas que não ocultam os seus medos. Pessoas que se arriscam. Pessoas que se importam. Pessoas que agem por fé. Pessoas que mudam o seu tempo, pelo temor ao Senhor.

Um comentário:

www.gloriosojesusblogger disse...

Paz e Graça!Que possamos está na presença do Senhor com temor e embriagados de amor.Bela mensagem de edificação.