domingo, março 21, 2010

[e se for guardar]

vou guardar um post pra quando não houver o que dizer
vou separar um momento eterno de palavras cultivadas
   [com carinho]
vou te apresentar algo mais pensado
             algo mais estruturado
       um pensamento todo meu

é que me pego namorando a inteligência
dando voltas de sábio
tratando com palavras como brincam crianças com pecinhas de Lego
       [pra te impressionar]

não sei bem o que é bom, o que agrada
por isso eu tento, me arrisco
piso em terra desconhecida
em solo não cultivado

vou guardar um post pra quando não houver o que dizer
pra te surpreender
pra te embalar
em canções minhas
em versos meus
na alma de um amigo sincero, de um coração singelo

2 comentários:

Sarah disse...

Como boa blogueira que sou, e por prezar aquilo que eu e os companheiros do blogger criam, venho por este meio informar que este blog: http://quasetudoquasenada.blogspot.com/ é constituído maioritariamente por cópias não autorizadas de textos daqueles que, como nós, expõem a sua arte na internet. Eu sou uma destas vítimas e ela recusa-se terminantemente a apagar aquilo que só a mim pertence.
Estejamos juntos na luta contra o plágio! Plágio é crime!!
Hoje ela moderou os comentários e apagou a indignação dos lesados!!

Se ela não for impedida de continuar roubando aquilo que é nosso, a próxima vítima poderá ser você....

Shaianne Ferraz disse...

Perfeitooo! *_*