quinta-feira, novembro 29, 2007

Fé que surpreende

oppss!

você que está lendo esse post, deveria ler o post abaixo primeiro.

eu explico: é que eu escrevi o post abaixo, e publiquei, mas tinha esquecido que tinha uma conexão com um lance que eu tinha pensado sobre Deus.
Então, vai lá ler primeiro!

tic tac, tic tac...

voltou? então...

Meu avô tem razão em dizer q amar a família é fácil e natural.
Sabe, isso me fez lembrar de uma coisa que pensei esses dias sobre Deus.
Crer num Deus que faz milagres é fácil.
Ohar para as crianças, os gestos de amor, e lembrar de que existe um Deus soberano também é fácil.
Mas sabe o que é difícil?
Sabe o que requer
? Fé de verdade?
Lembrar das desgraças, dos assassinatos brutais, das atrocidades que se cometem sem que ninguém faça justiça nessa Terra.
Requer fé pensar nas situações em que nada de extraordinário acontece, e ainda crer que Ele existe e que mesmo que pareça que não está fazendo nada, Ele é o único que não falha e julga retamente.
Pensar num mundo colorido, redondinho e perfeitinho e dizer:
"Ó Deus, bendito seja o Teu nome", não é de surpreender.

Surpreende aquele que encara o que parece não ter dado certo em sua vida, e ainda assim diz:
"Ó Deus, bendito seja o Teu nome para todo sempre, quando chove ou faz sol, quando estou bem ou mal, quando meu mundo é redondinho ou quando é um caos."

Acho que é isso que surpreende a Deus, e também acho que é um amor desses, incondicional, ao qual meu vozinho se referia!

10 comentários:

Rejane Ruiz disse...

Mana isso penso tambem e concordo plenamente contigo...dificil é amar a Deus com todo o nosso ser sem questiona-lo, mas é o desejo de Seu coracao...facil ama-lo quando as coisas vao bem , mais se requer fé quanda ha caos...
beijos Deus te abencoe muitoooo =)

Rejane Ruiz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
v.carlos disse...

Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma. Voltei-me, e vi debaixo do sol que não é dos ligeiros a carreira, nem dos fortes a batalha, nem tampouco dos sábios o pão, nem tampouco dos prudentes as riquezas, nem tampouco dos entendidos o favor, mas que o tempo e a oportunidade ocorrem a todos. Que também o homem não sabe o seu tempo; assim como os peixes que se pescam com a rede maligna, e como os passarinhos que se prendem com o laço, assim se enlaçam também os filhos dos homens no mau tempo, quando cai de repente sobre eles.
Eclesiastes 9:10-12


Crer num Deus assim exige sabedoria e não apenas fé ;-)


Tomará que a sinceridade passe pelo caminho do sucesso, por enquanto tenho certeza que a falsa-humildade passa pelo do orgulho (e da queda)(...) por isso me envolvo e choro quando escrevo e publico quem sou eu, pois é doloroso expor os meus erros e medos =/


abração
fica com Deus



boas blogagens

Pablo Ramada disse...

Excelente post Catarina.

um grande abraço e desculpa o comentário singelo, é que to sem net em casa e por aqui no trabalho... ixiiii... já passou da hora de ir.

Abraços!

Rosana. disse...

pois então, é isso!
\o/

"á filha é mole...quero ver MERITI!"

hahaha...

Catarina Ferreira disse...

srsrsrsrsrs
Rosana tu é uma das doidas mais amáveis q existe!

May s2 dORI disse...

rsrsrs...gostei do Meriti....rs....

Amar a familia e amigos e fácil,Amar os seus inimigos é díficil.
Ter fé também não é tão simples.

Amei

Bjinhos
Fica com Deus

Pablo Ramada disse...

Eu de novo.

Vim te convidar para participar de um fórum lá no Blog.

O que é vida simples?

Abraços!

Jesus Apócrifo disse...

Boa reflexão essa!

Você já assistiu ao filme:

Todo-Poderoso, com o Morgan Freeman e o G. Carey?

Veja-o, EU recomendo!

v.carlos disse...

Sem dúvida! Como precisamos orar, aqueles pastores realmente precisam da ajuda de DEUS atráves do nosso apoio...

abração
t++