domingo, março 25, 2012

Sobre a boa dor...

acho que eu gosto das contradições
dos impasses, dos momentos duvidosos 
          que irrompem numa descoberta
gosto de perguntas, de longos discursos
do gostinho que fica quando você percebe que cresceu
quando você percebe que da sua vidinha contraditória,
          algum sentido está emanando


eu acho q gosto da pergunta. da novidade. do "e se..."
quem não gosta, não muda.
torna-se o ratinho no círculo.
          [o mesmo do mesmo, sempre e sempre.]


mas a pergunta amedronta. a pergunta te faz sair do ninho.
e o ninho é quentinho, é abrigo, é cômodo.
mas o ninho limita, até mesmo aprisiona.
         [e ninguém foi criado pra ele]


a liberdade do voo me espera.
mas aprender a voar dói
dá trabalho e carece de energia.


mas, hoje, talvez hoje
eu esteja atrás dessa dor boa
dor que produz arrependimento
dor que traz mudança
dor que te joga na cara quem você é


dor que te faz feliz...
contraditório?
mas é bem disso que eu gosto!




[A tristeza segundo Deus não produz remorso, mas sim um arrependimento que leva à salvação.
2 Coríntios 7.10]

2 comentários:

Tati Rodrigues disse...

"a liberdade do voo me espera.
mas aprender a voar dói
dá trabalho e carece de energia"
... Muito bom guria! muito bom...

Christianne Lima disse...

você me enche de orgulho!! haha.. seu texto é muito bom!
perfeito! cara, você exprime muito bem um sentimento!
"a pergunta te faz sair do ninho." total amiga. bóra voar então!!! \o/
este versículo (aos coríntios) foi muito oportuno ;)

amo-t