terça-feira, dezembro 23, 2008

algo sobre o Natal

Domingo passado, o Departamento Infantil na minha igreja realizou uma cantata de Natal chamada Natal Brasileiro. Foi tremendo. Vi a mão de Deus agindo naquele lugar, providenciando tudo, suprindo cada detalhe. As crianças cantaram lindamente! O tempo todo em que eu organizava essa cantata, um só pensamento cruzava a minha mente. Gratidão. Repetidamente eu dizia "Jesus, muito obrigada por se importar!" "Muito obrigada por dar algum valor a essa humanidade corrompida pelo pecado, e por pagar o preço naquela cruz". O nascimento dele aqui na terra é o começo de todo o plano, de tudo o que se deu para a nossa salvação. O justo pelos injustos. O fiel pelos infiéis. Como diz o compositor "Não saberei o preço pago por meus pecados lá na cruz" As lágrimas não me faltavam nesse momento. Ele veio.
Tentei passar um pouco dessa minha gratidão para as nossas crianças. Acho que alguns captaram, outros nem tanto, mas eu sei com certeza que um dia eles entenderão. Serão gratos também.
Por essa razão, eu comemoro o Natal. Mais do que um movimento familiar tão intenso, porque não é bem assim "de onde eu venho" (rs), eu comemoro internamente. Eu posto alguma coisa aqui, eu oro, eu volto às passagens de Lucas ou Mateus e me encanto com esse versículo em particular anualmente: "É que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor" Lc 2:11. Não há como ser diferente.

2 comentários:

Vítor Carvalho Ferolla disse...

Feliz NATAL! =)

Éverton Vidal disse...

OLá Catarina!
Sim! Que esse Cristo que re-nasce em nossos corações no natal, continue a crescer no restante do ano, se movimentando entre nós. Nos fazendo gerar os frutos do Espírito da paz.

Deixo aqui um abraço e um feliz natal.

Inté!